GRUPO MADERO COMEMORA A INAUGURAÇÃO DO HOSPITAL ERASTINHO DEDICADO À ONCOPEDIATRIA

0
169
Curitiba (PR), 31 de Agosto de 2020 - Hospital Erastinho - Depois de um ano e meio de obras e de uma série de campanhas de intenso engajamento da sociedade para a construção, o martelo final foi batido: o Erastinho já tem data de inauguração. Será no próximo dia 1º de setembro. Idealizado pelo Hospital Erasto Gaertner, o primeiro hospital oncopediátrico do Sul do Brasil vai atender exclusivamente crianças e adolescentes com câncer, oferecendo toda a estrutura necessária para prestar os melhores serviços em 4.800 metros quadrados, num ambiente moderno e humanizado, com tratamento especializado e multiprofissional. A capacidade anual da nova unidade será de até 17 mil consultas, 500 cirurgias e mais de 85 mil procedimentos. O complexo terá 43 leitos de internamento privativos e semiprivativos, recepção, lobby, atendimento ambulatorial, hospital-dia, centro cirúrgico e alas de internação (clínica, cirúrgica, TMO e UTI). Foto: Marcelo Andrade

Foto: Marcelo Andrade/ No Sofá

Como um dos benfeitores do hospital, o grupo promoveu leilão arrecadando R$ 1.272.000,00 para a finalização das obras

O Grupo Madero está em festa com a inauguração do Hospital Erastinho, o primeiro Hospital oncopediátrico do Sul do Brasil, que aconteceu neste dia 1º de setembro. Em junho (24/06), o grupo promoveu um leilão beneficente, com 100% da arrecadação, em prol da finalização do hospital e faturou exatos R$ 1.272.000,00.

A iniciativa do leilão “Juntos pelo Erastinho” partiu do chef e empresário Junior Durski, que apoia o hospital há mais de 2 anos e decidiu leiloar os melhores vinhos de sua adega, para ajudar na finalização das obras.  Através de uma grande união solidária, o empresário reuniu 231 pessoas do Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo, Maranhão, Mato Grosso e dos EUA, que hoje também comemoram a inauguração do hospital, que atenderá milhares de crianças.

“Que emoção ter a oportunidade de participar desta grande festa do Erastinho, mobilizando tantas pessoas, que hoje comemoram conosco a inauguração do Hospital, que ajudará a milhares de crianças”, comemora o empresário.

Mobilização que fez a diferença

Depois de um ano e meio de obras e de uma série de campanhas de intenso engajamento da sociedade para a construção, o Erastinho é resultado de muito afinco e mobilização.  O projeto foi lançado em 2015 e contou com o apoio massivo da sociedade civil e de parceria entre os diferentes Poderes.

O projeto completo, e finalizado, custou R$ 30 milhões. Deste valor, R$ 22 milhões foram investidos na construção do Hospital através de um convênio firmado com o Governo do Estado do Paraná, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), que destinou, ao todo, cerca de R$ 11 milhões. O restante do valor necessário para a conclusão da obra foi captado pelo Hospital Erasto Gaertner junto à sociedade civil através de eventos, projetos e doações espontâneas.