Jair Mendes é tema de documentário

0
167

Pupilo de Guido Viaro e Poty Lazzarotto, a trajetória artística e pessoal do pintor é retratada em filme

Considerado por críticos de arte como um ícone da pintura figurativa na América Latina, o artista plástico Jair Mandes é tema do curtametragem autobiográfico em “A Vida De Jair”, dirigido por Guido Viaro (neto homônimo do artista), e com produção da MAF Indústria Audiovisual. A captação foi realizada neste último final de semana com previsão de lançamento para junho.

Retratar no cinema a intensidade e exuberância das obras, e o estilo de vida de Jair Mendes, foram os principais desafios dos produtores. Aluno de artistas como Guido Viaro (1897-1971) e Poty Lazzarotto (1924-1998), Jair Mendes, aos 74 anos, está no auge de sua produção artística, evoluindo na técnica e renovando no estilo. Professor aposentado, hoje se dedica exclusivamente à pintura.

“O documentário vai mostrar a vida se manifestando por um homem que experimentou a arte e viveu intensamente, degustou cada momento sem deixar que a chama se apague ou diminua. Jair vê poesia em pequenos fatos, possui uma sensibilidade natural que reflete nas pinturas e no seu modo de viver”, explica Guido.
Outro desafio do filme é a fotografia. Foi utilizada uma temperatura de cor mais alta, para dar intensidade às pinturas. “A iluminação foi baseada na paleta de tintas, com muito jogo de luzes. Tive preocupação em dar vida à pintura para expressar a mesma intensidade das obras e do artista”, realça Max Olsen, diretor de fotografia do filme. 

Vicente Jair Mendes – (São José do Rio Pardo, SP, 1938). Pintor, desenhista, gravador e muralista. Residente e atuante em Curitiba, PR, desde a década de 1950.

Graduado em pintura pela Escola de Música e Belas Artes do Paraná e licenciado em desenho pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná. Realizou estágios de aperfeiçoamento profissional no Centre Georges Pompidou (Paris, França) e na Academia di Belle Arti di Brera (Milão, Itália).

Pela qualidade de seus trabalhos foi premiado em significativos salões nacionais. Obras suas participaram de importantes mostras coletivas no Brasil e no exterior, e integram diferentes coleções públicas e privadas em diversas localidades. Foi professor da Faculdade de Artes do Paraná e atuou como gestor cultural em diferentes instituições públicas do Paraná e de Santa Catarina. 

     Na foto de Geovana Rodrigues, para a coluna, o registro de Max Olsen, diretor de fotografia, Jair Mendes e  Guido Viaro Neto, diretor
Foto: Divulgação/No Sofá  

COMPARTILHAR
Artigo anteriorMODA: PARANÁ BUSINESS COLLECTION/2012
Próximo artigoDia das Mães chegando: Amor de Chocolate
O jornalista João Nunes é o comandante desta página que tem como único objetivo informar, e informar bem...Trabalha no mercado editorial há 30 anos, tendo a seu favor a parceria das melhores assessorias de imprensa e comunicação do sul do país, além de ser o editor chefe na elaboração de textos e matérias aqui publicadas. Jornalista profissional, vem ao longo do tempo se modernizando com a rápida tecnologia dos dias atuais. Tenha uma boa leitura!

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA