Master Premium Gramado Hotel Apresenta No Sofá com João Nunes:: Prêmio Assembleia Legislativa completa 10 anos no Festival de Cinema de Gramado

72
1222

    Foto: Divulgação/No Sofá

Desde 2004, o Festival de Cinema de Gramado tem em sua programação uma mostra especial de curtas-metragens gaúchos graças ao convênio firmado com a Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul e com a Prefeitura Municipal de Gramado. Celebrando o audiovisual gaúcho anualmente no Festival, o Prêmio agora completa uma década, firmando-se como uma nova tradição para o cinema gaúcho.
“A permanência e a consolidação do Prêmio Assembleia Legislativa de Cinema ao longo de dez anos no Festival expressa a sua importância para a produção gaúcha”, afirma Luiz Carlos Barbosa, diretor do Departamento de Relações Públicas e Atividades Culturais da Assembleia. Para ele, a parceria ainda se fortalece no meio pois conta com o apoio da Associação Profissional de Técnicos Cinematográficos do RS (APTC), do Sindicato da Indústria Audiovisual do RS (SIAV) e da Fundação Cinema RS (Fundacine).
Exibida no Palácio dos Festivais em horário e noite de premiação exclusivos, a mostra também realiza tradicionalmente um encontro com todos os realizadores dos curtas para um debate sobre a produção audiovisual no Estado. Os vencedores das onze categorias levam para casa outro incentivo: prêmios em dinheiro, previstos em 30 mil reais. “A instituição do prêmio em dinheiro, em 2004, foi uma consequência do processo que alia o interesse dos produtores e a postura de uma instituição como a Assembleia Legislativa, que reconhece a cultura como uma dimensão fundamental da cidadania”, aponta o diretor.
A Comissão de Seleção da Mostra Gaúcha de Curtas, formada por profissionais da área e jornalistas, seleciona um número de filmes no limite máximo de quatro horas de exibição para o Prêmio Assembleia Legislativa. Este ano, 84 se inscreveram para concorrer e 17 foram selecionados. “Integrado ao Festival de Cinema de Gramado, que, obviamente, também exprime um processo cultural enraizado que caminha para meio século, acredito que devemos valorizar cada vez mais esse Prêmio”, finaliza Barbosa.
O 42º Festival de Cinema foi contemplado na seleção pública do Programa Petrobras Cultural. O evento conta com patrocínio Master da Petrobras, patrocínio da Ambev e Oi, copatrocínio do BNDES, apoio da Caracol Chocolates, Laghetto Hotéis, Nikon e Philip Morris e apoio especial da DuoCasa.
Confira os filmes consagrados no Prêmio Assembleia Legislativa até aqui:
2004
Melhor filme (35mm) – “Nave Mãe”, Otto Desenhos Animados Ltda.
Melhor filme (16mm) – “Jesus, o Verdadeiro”, Imagem Produções Ltda.
2005
Melhor Filme (35mm) – “O início do fim”, Gustavo Spolidoro
Melhor Filme (16mm) – “Prato do dia”, Rafael Figueiredo
2006
Melhor Filme (35mm) – “Lótus”, de Cristiano Trein
Melhor Filme (16mm) – “Terra Prometida”, de Guilherme Castro
2007
Melhor Filme – “Rolex de Ouro”, Panda Filmes Ltda.
2008
Melhor Filme – “Um dia como hoje”, Eduardo Wannmacher
2009
Melhor Filme – “De volta ao Quarto 666”, Gustavo Spolidoro
2010
Melhor Filme – “Um Animal Menor”, Pedro Harres e Marcos Contreras
2011
Melhor Filme – “De Lá Pra Cá”, Frederico Pinto
2012
Melhor Filme – “Elefante na sala”, Guilherme Petry
2013
Melhor Filme – “O Matador de Bagé”, Felipe Iesbick
O 42º Festival de Cinema acontece de 8 a 16 de agosto e foi contemplado na seleção pública do Programa Petrobras Cultural. O evento conta com patrocínio Master da Petrobras, patrocínio da Ambev e Oi, copatrocínio do BNDES, apoio da Caracol Chocolates, Laghetto Hotéis, Nikon e Philip Morris e apoio especial da DUOCASA.

72 COMMENTS

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here