O Luxo do Luxo na Coluna By João Nunes- 25 Anos de Colunismo Social

0
1119



O elegante casal Hermes e Maria Cristina Schultz, leia-se Moss Para Casa, que ontem à noite recepcionaram arquitetos, designers de interiores e algumas pessoas da imprensa ( a coluna não recebeu o convite de sua assessoria), foram perfeitos anfitriões na loja instalada nos altos da Carlos de Carvalho, no Batel, e claro, surpreenderam mais uma vez na arte do bem receber. Já havia encontrado o casal no coquetel da abertura da Mostra Artefacto, na sexta-feira, oportunidade em que estenderam o convite para eu estar presente ontem. O casal embarca  hoje para alguns dias em Cartagena.     
Foto: Divulgação/No Sofá/VM

-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-


    Foto: Divulgação/No Sofá/VMA


Muito bem prestigiado o momento em que o famoso cabeleireiro do país- Wanderley Nunes, festejou em seu W Studio- no Shopping Crystal, a parceria com o cabeleireiro de Curitiba, Riccardo Guerra e o maquiador Beto Bravo, em tarde de bolo, champanhe e bonita recepção aos elegantes que passaram pelo Salão W Studio.
-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x


Lardo di Colonnata é destaque no cardápio de outono do Salumeria; ontem um pequeno grupo de convidados jantaram no Restaurante para conhecer a iguaria  


O Salumeria Ristorante Gastronomia traz com exclusividade a Curitiba uma das mais requintadas iguarias da culinária italiana: o Lardo di Colonnata, considerado a mais nobre das pancetas, que pode ser servido in natura, pratos salgados ou sobremesas. Ele passa a integrar o novo cardápio de outono, lançado em maio, por meio de quatro novos pratos: tornedor de mignon envolto de Lardo di Colonnata ao molho demi glace de tomilho e risoto parmegiana; bruschetta com lardo di colonnata em cama de espinafre e pinólis; e fettuccine com molho de bacon, servido com camarões em volta de Lardo di Colonnata e botarga em grãos.

Produzido em Colonnata, município italiano de Carrara, tal produto hoje é exclusivo também em todo o sul do Brasil. No resto do país, são poucos os restaurantes que trabalham este insumo com a devoção que ele merece. Quem já provou, sabe do que se trata. Há aqueles que, inclusive, afirmam que ele se derrete na boca.  O interessante é que o Lardo di Colonnata é produzido na mesma forma desde o período medieval. A gordura do porco é curada de 6 a 10 meses em cubos de mármore Carrara, em caves muito frias.
No processo de maturação, são adicionados sal marinho, pimenta preta, alho fresco, canela, alecrim, semente de coentro e salvia. Tais especiarias ficam na casca do Lardo, e sua contribuição é sutil. Típico da Toscana, o Lardo’ faz parte do catálogo internacional Ark of Taste, mantido pelo movimento Slow Food, que relaciona alimentos ancestrais que correm o risco de extinção.
Segundo o chef Marcus Biazzetto, os pratos com o Lardo devem ficar no cardápio até o final do outono. “Vamos estudar a permanência ou alteração dos pratos para o inverno”. Ele explica que a chegada do produto ao Salumeria faz parte da estratégia do restaurante de trabalhar com insumos exclusivos e diferenciados. A coluna agradece a gentileza do convite.
SERVIÇO NO SOFÁ:
Salumeria Ristorante Enogastronomia
Rua Jaime Reis, 216 – São Francisco
Fone: (41) 3049-5501
Funcionamento:
Terça a sexta das 12h às 14h30
Terça a sábado, das 18h às 24h

    Foto: Divulgação/No Sofá/Salumeria

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here