Projeto Vida Saudável…

0
1202
Grupo de colaboradores da Ecovia inicia reeducação alimentar
e elimina 
20 kg em 30 dias
Cerca de 10% da população mundial adulta, estimada em meio bilhão de pessoas, é obesa. É o que diz um estudo da Lancet, uma das publicações mais influentes na área médica mundial. Para fugir dessa estatística, a concessionária Ecovia criou o Projeto Vida Saudável com o intuito de contribuir com a qualidade de vida dos colaboradores. Durante oito meses, os participantes recebem acompanhamento nutricional por meio de orientações básicas de reeducação alimentar
O programa é dividido em duas etapas e os grupos têm entre cinco e dez pessoas. “A proposta é criar motivação entre os participantes, por isso o número é reduzido. Fazemos encontros com discussões sobre o tema e cada um acaba servindo de inspiração para o colega, o que traz resultados mais significativos”, explica Flávia Arnas, nutricionista e responsável pelo projeto.
A nutricionista dá dicas diárias de como melhorar a alimentação e fazer trocas saudáveis. Quinzenalmente os participantes passam por uma avaliação para saber quais são suas medidas, percentual de gordura e o peso atual. A operadora de pedágio, Elifelete Portela, ficou surpresa com o resultado. “Procurei seguir as orientações, foi difícil, mas valeu a pena; diminuí meu percentual de gordura em 4,1% já nos primeiros 15 dias de reeducação”, comemora a colaboradora que mais eliminou gordura neste período.
Mas mudar a alimentação da noite para o dia não é tarefa fácil. Regiane Rodrigues, tem se esforçado para não cair em tentação. “Reeducação alimentar não significa apenas substituir alimentos, na verdade você aprende a comer com moderação. Se tiver vontade de comer um chocolate, como um pedaço e não a barra toda. Extrapolei em um dia, modero no outro. Não é porque não resisti uma vez, que vou fazer o mesmo todos os dias”, conta a operadora de pedágio da Ecovia.
Engana-se quem pensa que mudar a alimentação é apenas para quem está acima do peso. A coordenadora de Sustentabilidade Deyse Dotto não precisa emagrecer, mas, mesmo assim, faz parte do grupo. “Considero minha alimentação incorreta. Tenho costume de consumir doces e gorduras em excesso e, para evitar futuros problemas de saúde, quero fazer escolhas saudáveis nas minhas refeições”, comenta.
Em 30 dias, o grupo formado por oito meninas perdeu 93 cm de medidas, 20,26 kg de gordura corporal e ganhou 6,7 kg de massa magra. 
Fonte: NQM Comunicação

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here