Gente & Negócios… por João Nunes

0
77
Paraná é escolhido pela TIM para estrear tecnologia 5G no Sul
As primeiras antenas foram ativadas pela operadora nas áreas do Parque Barigui e do Palácio Iguaçu, em Curitiba

A estimativa é que com o 5G a velocidade de navegação na internet seja 20 vezes maior do que a oferecida atualmente pelas bandas 4G

O Paraná foi escolhido para começar a usar a tecnologia 5G na região Sul do Brasil. As primeiras antenas 5G Standalone, na frequência 2,3 GHz SA, foram ativadas pela operadora TIM nesta terça-feira (5) nas áreas do Parque Barigui e do Palácio Iguaçu, em Curitiba. O anúncio do lançamento foi feito pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior em cerimônia com o prefeito de Curitiba, Rafael Greca, e o CEO da TIM Brasil, Alberto Griselli, na sede do Governo do Estado.

Com isso, clientes da operadora dessas regiões já podem usufruir da tecnologia, que chegará aos demais municípios paranaenses e evoluirá com a chegada do 5G SA em 3,5 GHz a partir de junho, conforme cronograma da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). A estimativa é que com o 5G a velocidade de navegação na internet seja 20 vezes maior do que a oferecida atualmente pelas bandas 4G.

Griselli explicou que a faixa de 3,5 GHz, adquirida pela TIM em leilão federal, será essencial para proporcionar alta velocidade e baixíssima latência para os usuários. Servirá também, disse ele, para massificar e revolucionar a adoção de soluções da Internet das Coisas (IoT) em vários setores fundamentais para alavancar a economia do país. “A TIM tem investido fortemente na preparação da chegada do 5G, tecnologia que vai acelerar o processo de transformação digital nas cidades, estimular a geração de negócios e dar mais oportunidades aos brasileiros. A escolha de Curitiba como a primeira cidade do Sul a receber as antenas 5G Standalone da TIM reafirma nossa ligação histórica e cada vez mais consolidada com a cidade e com o estado”, comentou o CEO da operadora.

A empresa havia anunciado, em março, a escolha da capital paranaense para o desenvolvimento do projeto “Cidade 5G”. O acordo de colaboração (MoU) com a Huawei foi assinado durante o Mobile World Congress, em Barcelona. A ideia é implementar redes 5G, prevendo a evolução da tecnologia, monitoramento de redes e aperfeiçoando a experiência do usuário. O acordo é válido por dois anos, podendo ser prorrogado, e os primeiros testes devem ser finalizados até dezembro de 2023.

A TIM lidera diferentes segmentos no Paraná. Atualmente, a operadora é líder do mercado de telefonia móvel, com 52,1% (6,9 milhões de clientes). A operadora também está à frente na cobertura 4G, presente em 100% das 399 cidades paranaenses e na rede da tecnologia 4.5G, já implantada em 235 municípios. A TIM também saiu à frente, em Curitiba, com a oferta do 5G DSS (que utiliza o 5G sobre as frequências do 4G). A ativação dessa rede faz parte da estratégia da TIM – iniciada em 2019 – de proporcionar desde já aos clientes, sem custos adicionais.

Para falar sobre o crescimento dos atacarejos e o futuro do segmento, a Mercosuper reuniu atacadistas de todo o país neste dia 6 de abril, no Expotrade Pinhais. As mais de 2 mil lojas deste modelo no Brasil faturaram R$ 230 bilhões no ano passado e o grande destaque está para a expansão do número de lojas, de 26% em 2021, segundo pesquisa da Abaas – Associação Brasileira dos Atacadistas de Autosserviços.

Com o tema “O fenômeno dos atacarejos no Brasil”, o painel contou com a participação dos empresários Belmiro Gomes (CEO Grupo Assaí), José Koch (CEO Komprão Atacarejo e Super Koch), Everton Muffato (Grupo Muffato) e Roberto Butragueño (Diretor Nielsen Brasil). Traçaram um panorama sobre os fatores que desencadearam este crescimento expressivo, além de fazer uma abordagem sobre as oportunidades, riscos e o que esperar para o futuro dos atacarejos. A moderação feita por Sergio Alvim, CEO e Fundador da SA Varejo, foi um despertar aos investidores.

Antes do painel, às 13h30, Leandro Karnal apresentou uma palestra com o tema “Livre-se dos erros! Faça diferente em 2022”, levantando a platéia que o aplaudiu de pé. Foi um sucesso!  

Fotos: Divulgação/WBC Comunicação/No Sofá

Palestras Magnas:

6 de abril
Leandro Karnal (13h30) – Ele é professor Doutor na Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Graduado em História pela Universidade do RS. Doutor em História Social pela USP. Pós-doutorado pela UNAM, México, e pelo CNRS de Paris. Sua formação cruza História Cultural, antropologia e Filosofia.
Tema “Livre-se dos erros! Faça diferente em 2022”

Painel magno – Tema: “O fenômeno dos atacarejos no Brasil”
Belmiro Gomes (CEO Grupo Assaí)
José Koch (CEO Komprão Atacarejo e Super Koch)
Everton Muffato (Rede Muffato)
Roberto Butragueño (Diretor Nielsen Brasil)
Moderador: Sergio Alvim (CEO e Fundador da SA Varejo)

Mercosuper – Consumidor moderno transforma cadeia de abastecimento

Feira supermercadista está apresentando as principais tendências, lançamentos e inovações voltados ao perfil do novo consumidor

Quando vemos uma novidade chegando em um supermercado, mal imaginamos que ela nasceu a partir de uma necessidade do consumidor, mesmo sem ele ter conhecimento dela. E essa antecipação é o maior diferencial que uma empresa pode ter. Em sua palestra realizada durante a Mercosuper, no dia 6 de abril, Walter Longo explicou que uma revolução não acontece quando a sociedade adota novas ferramentas, mas quando adota novos comportamentos.

São as mudanças no perfil do consumo que ditarão as tendências de mercado. Longo acrescentou que antigamente a pergunta que os empresários se faziam era: “Qual é o meu negócio?”. Depois, a pergunta mudou para: “Qual problema meu negócio resolve?”. Agora, a pergunta é “Quais os sonhos dos nossos clientes estamos realizando?”.

Para conseguir seguir essa linha de gestão, Claudemir Oliveira – que já foi professor da Disney University e será um dos palestrantes do dia 7 – salienta que o caminho é fazer mais do que o que o cliente pediu. “Para se encantar o cliente é preciso exceder as expectativas e ir além do normal. Esses comportamentos geram carisma, empatia e, automaticamente, abrem as portas para os negócios prosperarem”.

Esse foco no cliente está fazendo o varejo se transformar em ritmo galopante. Inclusive, muitas empresas estão adotando práticas sustentáveis para se adequar ao ESG (Environmental, Social and Governance). Segundo César Augusto, CEO da Domínio Solar, que está presente na Mercosuper, as empresas aumentaram a procura por energia limpa em função da conscientização ambiental e não apenas pela economia financeira. A empresa registrou um crescimento de 400% no número de clientes em 2021.

A sustentabilidade virou um requisito na hora das pessoas escolherem um produto ou serviço, principalmente as novas gerações, como os Millennials e a Geração Z”, afirma Augusto.

Essa preocupação pode ser evidenciada no marco de 3838 toneladas de CO2 que os clientes da Domínio Solar deixaram de emitir na atmosfera em seus seis anos de história. O número corresponde ao resultado de mais de 100 empresas e residências e equivale ao plantio de 16 mil árvores.

Cláudio Shimoyama, CEO do Instituto Datacenso, um dos painelistas do evento, afirma que as empresas terão um longo caminho para enfrentar o novo cenário com a mudança nos valores e no que se deseja da vida. “Isso muda o que as pessoas querem consumir, como querem trabalhar e viver no cotidiano. Tais mudanças são tão significativas, que exigem que as organizações revisem sua cultura para se manterem saudáveis nessa chamada crise antropológica”.

O presidente da Apras, Carlos Beal, destacou que os supermercadistas estão cientes dessa necessidade de colocar o consumidor no centro das tomadas de decisões. “Esse olhar voltado ao consumidor é um dos motivos do sucesso da Mercosuper. Em apenas um dia de feira, registramos a visita de mais de 7 mil pessoas, todas procurando por conteúdo, inovações e diferenciais competitivos para satisfazer os anseios dos seus clientes. O fato é que o consumidor moderno está transformando a cadeia de abastecimento”, concluiu.

Sobre a Mercosuper

A Mercosuper deve movimentar a economia do Paraná com a concretização de R$ 600 milhões em negócios durante os três dias de evento. Em um espaço 50% maior do que a última edição, de 2019, mais de 300 marcas expositoras apresentarão seus lançamentos, serviços e soluções aos visitantes, que deve superar em 20% ao da feira anterior.

Palestras Magnas:

7 de abril
Claudemir Oliveira (13h30) – PhD, Presidente Seeds Of Dreams Institute e ex-professor da Disney University
Tema: “Alcançando o encantamento do cliente através da psicologia positiva”

Samy Dana – Economista brasileiro, professor e comentarista da rádio Jovem Pan
Tema: Os riscos de investir no varejo