Sunset Première Valse no MON: evento exclusivo reúne debutantes do baile do Castelo do Batel

0
67

A produtora Luciana Krizanowski no Castelo do Batel com as debutantes de 2021, dentre elas Bia Krizanowski (à dir.), sua filha

No dia 24 de maio o Museu Oscar Niemeyer será palco da exposição MON Sunset, que reúne fotos das debutantes de 2022 do baile Première Valse, já tradicional na cidade, realizado anualmente no Castelo do Batel.

O MON Sunset será realizado das 17h às 19h, no vão livre do museu, onde as fotos das meninas que vão debutar estarão em exposição, em um coquetel organizado para familiares e convidados.

Neste ano o evento terá quatro debutantes, as jovens Manuela de Toledo Ribeiro Nóbrega, Letícia Soares Camargo, Júlia Mussi Barbosa e Sofia Oliveira Durli.

Organizado pela produtora de eventos Luciana Krizanowski, o evento é o último que antecede o baile de gala, marcado para o próximo dia 28, no Castelo do Batel. “Escolhemos o MON porque ele tem tudo a ver com o espírito do Première Valse, é moderno, descolado e requisitado”, explica a produtora.

Segundo Luciana, é nos eventos que antecedem a festa que as debutantes e as famílias se aproximam, criando laços duradouros. “Temos esse propósito, de tornar os pré-eventos tão especiais quanto o dia do baile. É aí que as meninas criam vínculos, as famílias se conhecem. São momentos realmente especiais”, conta.

Première Valse: vagas só para 2025

Em sua quinta edição, o Première Valse já se consolidou no calendário de eventos de Curitiba. Prova disso é a procura das famílias por uma vaga no baile. “Estamos lotados para os dois próximos anos, agora só temos vagas para 2025”, conta Luciana Krizanowski.

O Première Valse oferece à debutante maquiagem, fotografia, mesa de doces, DJ e a participação em uma série de pré-eventos que antecedem o grande baile.

“Não é um mero desfile, é uma festa completa para elas e para as famílias. Além da parceria que temos com grandes marcas, como Tiffany, Jo Malone, Mac Cosméticos, Amare Presentes, Bárbara Trevisani e, agora, o MON. Isso encanta as meninas e engrandece o evento”, exalta a produtora.

Idealizadora do baile, Luciana Krizanowski acredita que dá para manter tradições e inovar ao mesmo tempo. E discorda de quem afirma que os bailes de debutantes são coisa do passado.

“Debutar é tradicional, mas pode ser moderno. Assim como o MON, que é tradicional e abriga obras antigas, mas também tem um design moderno. Então, por que não? ”, questiona.

Para ela, pode até ser que os bailes tenham saído de moda em algumas regiões do país, como o Sudeste. “Mas, aqui no Sul a tradição das debutantes ainda é muito forte, com valores de família, a reunião de amigos perante a sociedade. E o Première Valse prova que isso pode ser feito de uma forma moderna”.

No que depender da procura por um lugar nas próximas edições da festa, quem pode discordar?

 Serviço No Sofá:

Sunset Première Valse

Local: Museu Oscar Niemeyer

Endereço: Rua Marechal Hermes, 999 – Centro Cívico

Data: 24 de maio

Horário: 17h às 19h

Júlia Mussi Barbosa, Manuela de Toledo Ribeiro Nóbrega, Sofia Oliveira Durli e Letícia Soares Camargo (esq. pra dir.), as debutantes de 2022. Fotos: Divulgação/No Sofá