Música para todos os lados: Shows da Virada Cultural Paraná ocorrem neste final de semana

40
1286

Público terá a oportunidade de assistir gratuitamente bandas nacionais e paranaenses
Da Redação/João Nunes-Jornalista


Expoentes da música brasileira irão se apresentar no próximo sábado, 26 de outubro, em 11 cidades do Estado. É a Virada Cultural Paraná 2013 que já começou e tem continuidade neste final de semana com shows de músicos nacionais e paranaenses. Ícones da música nacional e bandas de destaque do Paraná irão tocar no Palco Conexões, localizado em regiões de destaque e fácil acesso da população. E o melhor: é tudo de graça. Pessoas que nunca tiveram oportunidade de ver seus ídolos de perto terão esta chance agora.
A Virada Cultural Paraná é isso: amplo acesso da população a uma programação de qualidade. O evento é realizado pelo Governo do Paraná, por meio da Secretaria de Estado da Cultura e Departamento de Trânsito do Estado (DETRAN/PR), com apoio do SESC/PR, SESI/PR e prefeituras municipais.

    Zélia Duncan em foto de Roberto Setton para No Sofá

Em São José dos Pinhais ocorre a apresentação de uma das maiores expoentes da música popular brasileira, Zélia Duncan. No show “Tudo Esclarecido”, ela canta obras de Itamar Assumpção, um dos grandes ícones da vanguarda paulista dos anos 1980, sendo cinco delas em parceria com a poetisa paranaense Alice Ruiz. O palco da Praça Missionário do Verbo Divino
(Rua Veríssimo Marques, esquina com Rua Claudino dos Santos – ao lado da Câmara Municipal), ainda recebe a diversão da Musicletada, o pagode do Arte & Melodia, o rock alternativo da Banda 5 Graus, o ritmo dançante da Banda Pallets, a energia da Banda Uh La La e o reggae do Planta e Raiz.

Foto: Divulgação-No Sofá
Jair Rodrigues vai comandar a festa em Cianorte, no palco montado na Avenida Goiás, s/nº, em frente à prefeitura. No repertório do show ele faz uma retrospectiva da carreira, passeando do samba ao romântico, sem esquecer do sertanejo e das canções de raiz, com clássicos como “Disparada”, “Majestade o Sabiá”, “Tristeza”, “Deixa isso pra lá” e “Você abusou”. Ainda se apresentam em Cianorte a mistura brasileira do MUV, o reggae do Djambi e a sanfona e violão da dupla As Galvão.
Foto: Divulgação-No Sofá

A dupla Sá & Guarabyra movimenta a cena musical brasileira há 40 anos. Influenciados pelo country rock, baião, xote e xaxado, assim como pela música caipira de raiz do interior de Minas e São Paulo, eles se apresentam em Campo Mourão, no palco localizado na Praça São José (ao lado da Igreja Matriz). O público irá conferir o show “Rock Rural – 40 anos de estrada”, no qual unem o pop à rica simplicidade do interior brasileiro. Sá & Guarabyra dividem o palco com o rap do Rajada MC´s, o rock da Banda Galápagos, a mistura de ritmos do Grupo Molungo e o pop/rock da Banda Gentileza.
Foto: Divulgação-No Sofá

Em Cascavel, o palco Conexões já está sendo montado na Rua Paraná, 5000, em frente à prefeitura. Quem vai tocar por lá é a banda 14 Bis, criada em 1979. O grupo ficou conhecido por criar uma música brasileira original, popular e, ao mesmo tempo, sofisticada. Outros músicos se apresentam no mesmo dia do rock mineiro do 14 Bis, como a dupla Franco & Diel, a versatilidade musical da banda On The Rocks, o rock caipira independente do Charme Chulo, e os sambas e batuques do grupo Serenô.
Foto: Divulgação-No Sofá

Cornélio Procópio recebe o compositor e cantor Almir Sater. O estilo musical do artista é bastante experimental, misturando diversas afinações e resgatando a canção regional. A inspiração vem da música caipira/sertaneja tradicional. A apresentação, que ocorre no palco da Rua Emílio de Menezes, s/nº, ao lado da Praça Alto do Cristo Rei, vai dividir espaço com outros shows que prometem movimentar a cidade, como o afro-rock do Osibisa Rock, o samba do Sambulantes, o cavaquinista curitibano Julião Bohêmio e a irreverência da Big Time Orchestra.
Foto: Namour-No Sofá

Guilherme Licurgo fotografou lindamente Fafá de Belém

Uma das maiores intérpretes da canção popular brasileira se apresenta em Guarapuava. Fafá de Belém canta no palco da Rua Salvatore Renna, esquina com Rua Padre Chagas. A festa será acompanhada pelo samba de personalidade do Maxixe Machine, o energético rock da 350ml, o rock instrumental do Kingargoolas, a brasilidade da terra do Viola Quebrada e a suavidade d´A Banda Mais Bonita da Cidade.

Banda Nevilton- Foto Divulgação/No Sofá

Em Londrina, o ritmo de Moraes Moreira vai agitar o público que for ao palco montado na área de lazer Luigi Borghesi, no anfiteatro Rev. Jonas Martins – Zerão. Os sucessos de carnaval e do frevo eternizados pelo cantor estarão presentes no show. Moreira fez parte de um dos grupos mais importantes da música nacional, o Novos Baianos. Também se apresentam em Londrina a reflexão do Real Coletivo, o clima setentista do Humanish, o rock da banda Nevilton (que já possui duas indicações ao Grammy Latino e venceu o Prêmio Multishow 2011 na categoria Experimente) e o encanto do Rosa Armorial.

Foto: Divulgação/No Sofá
A programação de Maringá promete levar uma experiência sensorial ao público. Quem sobe ao palco, no estacionamento da Avenida Horácio Racanello (em frente ao Terminal Urbano) é o Teatro Mágico. A banda leva ao público um conceito plural em suas apresentações, com elementos visuais e cênicos no palco. Além disso, se apresentam em Maringá a festa musical do Terra Celta, o blues do Tony Caster, os covers de sucessos dos anos 1950 a 1980 da banda Remember e os músicos multi-instrumentistas da Trombone de Frutas.

Foto: Divulgação/No Sofá


Música, humor, teatro e muita interação com o público. É isso que o Tangos & Tragédias irá levar a Pato Branco na Virada Cultural Paraná. Os recursos cênicos são garantidos pela ficção construída em torno de dois personagens vindos de um país imaginário chamado Sbórnia. Eles executam ao longo do espetáculo músicas do folclore sborniano, canções brasileiras e sucessos do pop internacional. Tudo passando pelo filtro da comicidade e teatralidade. O palco da Praça Presidente Vargas, em frente à Igreja Matriz, ainda recebe o rock da Banda Prelúdio, os 16 acordeonistas da Orquestra Sanfônica de Pato Branco, a diversidade cultural do Manchinha Trio e a mistura de jazz e outros ritmos eruditos da Confraria da Costa.
Foto: Divulgação/No Sofá

O público de Ponta Grossa que prestigiar o Palco Conexões, localizado na Praça da Água (Rua Benjamin Constant, 384), vai escutar alguns dos maiores sucessos do rock nacional da década de 1990. É a banda Raimundos que irá dividir o palco com destaques do Paraná, como o new romantic e dream pop do Audac, o dançante Locomotiva Duben e a sonoridade diversa do Supercolor.
Foto: Divulgação/No Sofá

E em Toledo, quem sobre ao palco é a enérgica Sandra de Sá, que apresenta o show Baculeju, com vários ritmos e vertentes. Na apresentação, Sandra canta sucessos de vários artistas em uma verdadeira roda de groove. Ainda se apresentam por lá o rock do Bacon Bomb & The Magic Spices, o acústico de Cibelle Hespanhol, o circo musical do CYRC e a latinidade do El Merekumbé.

40 COMMENTS

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here